terça-feira, 9 de janeiro de 2018

janeiro - NA BIBLIOTECA ESCOLAR


Janeiro marca o arranque da segunda edição de “Miúdos a votos: quais os livros mais fixes?” - uma eleição dos livros preferidos das crianças e jovens portugueses da responsabilidade da Rede de Bibliotecas Escolares e da VISÃO Júnior. Às crianças e jovens será dada a possibilidade, através de uma eleição realizada em todas as escolas, de votarem no livro de que mais gostaram até hoje. A iniciativa abrange alunos do 1.º ao 9.º ano de escolaridade.
Decorre até ao dia 22 de janeiro o recenseamento das escolas (já feito) e a apresentação de candidaturas em que os alunos indicam o livro que candidatam à eleição através do preenchimento formulário.
No dia 25 de janeiro realizar-se-á o Concurso Nacional de Leitura para os alunos do 1.º Ciclo – 3.º e 4.º anos. Nesta fase, os alunos respondem a um teste com 20 perguntas de escolha múltipla e uma de desenvolvimento que avalia o seu conhecimento sobre o livro “O vento bateu à porta”. Para os alunos do 2.º ciclo a obra em estudo é “A Floresta” e para o 3.º ciclo é “O meu pé de laranja lima”. Nesta fase serão selecionados dois alunos em cada ciclo para representarem o agrupamento na fase distrital.
Está a decorrer um desafio que envolve alunos e famílias “Vamos fazer um livro?” que é uma nova modalidade da atividade “Mala das histórias”, para que as histórias tradicionais não caiam no esquecimento e continuem a desempenhar a sua função educativa e de união entre as gerações. Neste mês, decorre a 1ª ETAPA em que os alunos e famílias escolhem e escrevem uma história tradicional e inicia-se a 2ª ETAPA em que na Biblioteca os alunos fazem a revisão do texto, a paginação e a impressão com a professora bibliotecária e restante equipa.
Em janeiro, também está prevista a realização da primeira fase do Concurso “Património Cultural, nisto sou bestial” onde serão selecionados os dois alunos que em cada turma de 3.º e 4.º anos mostrarem maiores conhecimentos sobre património local e nacional. Sugere-se a leitura dos livros “Sátão, retratos da nossa história”, “Freguesia de Sátão… OLHARES” e "O vento bateu à porta".
Será feita a entrega de prémios e certificados - 1.º período – aos alunos que participaram na atividade “Os pontos da LEITURA – Melhor Leitor” entregando as fichas de leitura e no Clube dos Amigos da Biblioteca.
Continuam, também, a decorrer os passatempos mensais Palavras Estrambólicas e (na EB1 de Sátão porque recebe a revista Visão Júnior) TransFORMA-TE em reviSTAR. 
O autor em destaque é Luísa Ducla soares.
E porque o dia 27 de janeiro é o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto daremos destaque a uma personalidade portuguesa considerada Um Justo Entre as Nações com Cinema na biblioteca “Aristides Sousa Mendes, O Cônsul de Bordéus” em articulação com as aulas de EMRC. Na Hora do Conto, para além da leitura de livros do autor em destaque, será lido “Aristides, o Semeador de Estrelas” com a promoção de posicionamentos críticos e um maior conhecimento histórico junto dos mais pequenos. Na biblioteca estará patente a exposição bibliográfica “Ler +, ver + e ouvir + o Holocausto” e será disponibilizado um Boletim bibliográfico e Bookmarks. 

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Desafio de escrita "Se eu fosse o Pai Natal"

Em dezembro, o desafio de escrita deste foi “Se eu fosse o Pai Natal” que levou os alunos a pensarem nas injustiças que poderiam corrigir se tivessem os superpoderes do Pai Natal.








Concurso de ilustração - selecionados

As ilustrações selecionadas já fazem parte do dossier de requisição de jogos e computadores e também do livro de sumários dos amigos da biblioteca.
Parabéns a todos os ilustradores!














28.º aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança


No dia 20 de novembro assinalou-se o aniversário da Convenção da ONU sobre os Direitos da Criança.
A biblioteca escolar divulgou junto dos professores o Guia para Escolas da responsabilidade da UNICEF Portugal com propostas de atividades e disponibilizou na biblioteca o folheto “Conhece os teus direitos”.
Em parceria com a Comissão Proteção Crianças e Jovens de Sátão e os professores pretendeu-se dinamizar um conjunto de sessões sobre os Direitos da Criança, criando espaços de debate (na biblioteca ou em sala de aula) para as crianças e jovens refletirem e expressarem a sua opinião sobre questões que afetam as suas vidas em Portugal e no mundo “DIREITOS E DEVERES”, “DIREITOS E DESEJOS”. Alguns alunos ilustraram um direito que quiseram destacar e outros ilustraram os seus direitos e os seus desejos, que foi o caso do 4.º A (ebook) e do 3.ºB que fez o placard no clube de leitura.

Veja os trabalhos dos alunos:

2.º A

2.ºB


quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Hora do conto bem diferente!

Para assinalar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, que se celebra a 3 de dezembro, a hora do conto realizou-se na Unidade de Multideficiência.
"Aos olhos dos outros, quando não nos conhecemos, todos podemos parecer, num dado momento, monstros coloridos de feitios esquisitos e até impossíveis" diz Valter Hugo Mãe no seu livro "A história do Homem calado", um livro que aborda o tema da diferença.
Os alunos do ouviram a leitura da história e foram convidados a refletirem sobre as diferentes formas de lidar com as diferenças e a ilustrarem um monstrinho autobiográfico.


quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

O 3.º ano estuda o património local



A biblioteca, em colaboração com as professoras do 3.º ano, convidou o autor Carlos Paixão a apresentar o livro "Sátão, retratos da nossa história", já oferecido pelo Município.
Em jeito de articulação com o currículo, a "viagem" orientada por Carlos paixão deu inicio  ao tema que se segue em Estudo do Meio: o património local. 
Uma vez que em janeiro iremos realizar a 1ª fase do concurso "Património cultural, nisto sou bestial", a oportunidade também foi aproveitada para apresentar muito sinteticamente o livro "O vento bateu à porta" que se constitui como um roteiro do património de Portugal.
No final, como não podia deixar de ser, houve sessão de autógrafos!
Um grande obrigada ao professor e autor Carlos Paixão

Encontro com...